sábado, 8 de fevereiro de 2014

Reconhecer Falhas

A expansão da mente assim como o desenvolvimento dos vínculos afetivos, acontece na medida em que possa se contar com certa capacidade de reconhecimento das falhas ocorrentes no processo que leva à maturidade. Essas falhas estão sempre muito evidentes, entretanto, o grande problema é a capacidade de reconhecê-las. 
O ser humano tem enorme dificuldade em se perceber ignorante, muitas vezes se convencendo com justificativas extremamente superficiais e muitas vezes distante da realidade. Convencendo-se com ‘meias verdades’ só para se livrar da sensação de se sentir ignorante. Por conta disso a dificuldade de reconhecer e se responsabilizar pelas falhas, mesmo elas estando tão manifestas.

Desde criança, somos ameaçados pelo olhar crítico do outro, que nos condena e mostra que seremos reprovados e excluídos se falharmos. Isso dificulta o reconhecimento de um provável equívoco, o que poderia nos ensinar algo. Por outro lado, somos enaltecidos e elogiados quando sugerimos ao outro alguma característica que possa prometer perfeição. Assim, ficamos impedidos de aprender com a experiência.

Reconhecer falhas é uma capacidade e assim sendo, deve ser expandida. Esse desenvolvimento se dá pela possibilidade de criação de oportunidades e ambientes que possam ser acolhedores o suficiente. Ambientes que de alguma forma possam se mostrar livres de crítica, são propícios para que se desenvolva a capacidade de reconhecer falhas. Também as relações que se mostrem isentas de mecanismos de gratificação elogiosas e enaltecimentos de bajulação, são importantes para o desenvolvimento e capacitação do reconhecimento dos possíveis equívocos, quando eles surgirem, e vão surgir sempre na vida daquele que busca crescer.


Prof. Renato Dias Martino
Psicoterapeuta e Escritor
Fone: 17-30113866 

Um comentário:

Ronaldo Boss disse...

Olá Renato, parece interessante que sempre que necessito de apoio para elaborar uma ideia, lanço mão de alguma leitura sua, que costumeiramente me auxiliam. Dito isso, te digo que com alguma certeza, vivemos hoje, senão a época de maior linchamento do livre pensar, umas das mais viscerais. Partindo de um pressuposto de que precisamos estar no lugar de não conhecedor para assim aprender, a era da tecnica hoje postula o sucesso a qualquer custo, não dando oportunidade em aprender respeitando seu tempo. Te digo isso querido amigo por que tenho uma criança em idade escolar que tem apresentado medo em errar. Isso mostra o quanto somos cobrados e cerceados do direito de. Um grande abraço e desejo-lhe sucesso e paz sempre. Abraço, Ronaldo Boss.