segunda-feira, 1 de setembro de 2008

MEU OU TEU

MEU OU TEU
Renato Dias Martino
ENCONTRA EM MIM O QUE DE BELO TENS
ODEIA EM MIM O QUE DE RUIM POSSUI
ADORA O MEU, POIS, PARECE TEU
EXIGE DE MIM O QUE EU NUNCA FUI

DEVOLVO A TI A COERENTE COR
CONTRASTANDO ASSIM, DESPERTANDO ENTÃO...
A QUÍMICA QUE TRAZ A TONA A DOR
DE NÃO SABERMOS SE ESTAMOS LÁ
OU NÃO.

SÓ SOU BOM O BASTANTE,
SE O QUE TE FALTA EU TROUXE
MESMO QUE ME SENTIU
SÓ POR UM INSTANTE
E QUANDO VÊ QUE NÃO É
O QUE PENSOU QUE FOSSE
DECIDE QUE NÃO
SOU BOM O BASTANTE.--



Prof. Renato Dias Martino
Psicoterapeuta
Fone: 17-30113866

Um comentário:

Carla Lopes disse...

Se me trazes o que em mim falta, dando assim de presente
faz existir na lacuna o que agora preenche.
E não sendo bom o bastante,
Não tendo nada que alcance,
Cumpre-se o destino de ambos faltantes.
Beijos, e parabéns pela reflexão! =)