quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Dois lados ou mais


Dois lados ou mais
Renato Dias Martino

Um lado condena, o outro gargalha
Um sente pena, o outro ironiza
Um lado ajuda, o outro atrapalha
Um quebra tudo, o outro organiza

Um quer tudo, o outro diz não.
Um lado é louco, o outro é são.
Um quer ser útil, o outro não.
E o “eu” diminuto no meio dos dois,
Sofre calado com a confusão.

3 comentários:

Filha de Deus disse...

Todos os nossos lados...o de dentro e também o de fora, reflexos de uma história.
Adoro as suas!

Jacqueline disse...

...E nesse calado que se exterioriza mostra calma, serenidade, equanimidade nem por um instante podemos fazer idéia do bicho que mora do lado de dentro.

Leila Viana disse...

A eterna dualidade humana!!!!!!