segunda-feira, 28 de junho de 2010

Dor da Luz que Faz Viver













Dor da Luz que Faz Viver
Renato Dias Martino



A dor da luz que faz viver.
A dor conduz e faz saber.
Então seduz e faz crescer.



Quando adia a dor, paga dobrado.
Com a dor da inércia do inanimado.
Do ser dinâmico, e estar parado.



Prof. Renato Dias Martino
Psicoterapeuta e Escritor
Fone: 17-30113866
renatodmartino@ig.com.br
http://pensar-seasi-mesmo.blogspot.com

2 comentários:

Renato Hemesath disse...

Olá Renato!
Encontrei o teu blog em uma comunidade do Orkut e achei interessantíssimo os assuntos que tem abordado aqui! Inclusive, tuas considerações sobr eo filme "Psicose" que é um clássico que eu acho sem igual.

Abraços
www.cinefreud.blogspot.com

Gauche disse...

estar defronte a te
é como encarar o problema que tem meu eu -
esse eu tão prolixo de silêncio

tê-lo defronte a mim
é como sentir meu estado íntimo usurpado
como se os olhos de quem olha
fossem os do próprio olhado
assumindo-o indevidamente,
em ato violento, sempre inacabado

e esse âmago intimida-se
recolhe-se
e feito pássaro
voa proutra direção